Review Literária: Inferno de Dan Brown

Olá princesas,

Hoje venho trazer-vos a review literária de um livro de que gosto muito. Já o tinha lido há uns anos mas comprei-o como prenda de mim para mim (porque estes miminhos sabem sempre bem) no início de Novembro.
O filme andou nos cinemas (se calhar ainda está, eu sempre fui distraída relativamente a esses pormenores) e houve críticas muito diversas. Hoje como já devem ter percebido pelo título do post venho falar-vos do Inferno de Dan Brown.

Inferno de Dan Brown 



Ficha técnica:
Título: Inferno
Autor: Dan Brown
Ano: 2013 
Nº de páginas: 551
EditoraBertrand Editora
Sinopse: «Procura e encontrarás.» É com o eco destas palavras na cabeça que Robert Langdon, o reputado simbologista de Harvard, acorda numa cama de hospital sem se conseguir lembrar de onde está ou de como ali chegou. Também não sabe explicar a origem de certo objeto macabro encontrado escondido entre os seus pertences. Uma ameaça contra a sua vida irá lançar Langdon e uma jovem médica, Sienna Brooks, numa corrida alucinante pela cidade de Florença. A única coisa que os pode salvar das garras dos desconhecidos que os perseguem é o conhecimento que Langdon tem das passagens ocultas e dos segredos antigos que se escondem por detrás das fachadas históricas. 

Tendo como guia apenas alguns versos do Inferno, a obra-prima de Dante, épica e negra, veem-se obrigados a decifrar uma sequência de códigos encerrados em alguns dos artefactos mais célebres da Renascença - esculturas, quadros, edifícios -, de modo a encontrarem a solução de um enigma que pode, ou não, ajudá-los a salvar o mundo de uma ameaça terrível… Passado num cenário extraordinário, inspirado por um dos mais funestos clássicos da literatura, Inferno é o romance mais emocionante e provocador que Dan Brown já escreveu, uma corrida contra o tempo de cortar a respiração, que vai prender o leitor desde a primeira página até fechar o livro no final.

Começo desde já por assumir que gosto muito de Dan Brown e que sempre achei muito engraçado como existe um certo snobismo literário, um certo franzir de sobrancelhas quando alguém me ouve dizer isto. É entretenimento literário. Por vezes, as pessoas não querem ver aquele filme complexo e maravilhoso mas que as obriga a pensar. Por vezes, querem o filme de acção e mistério que as deixa sempre com vontade do próximo plano, que as faz sair do cinema com assunto para o dia seguinte mas que depois passa. Dan Brown para mim escreve o equivalente literário a esse género de filmes de acção e eu gosto dele por isso. Gostei d' O Código Da Vinci, de Anjos e Demónios e d' O Símbolo Perdido por causa disso. Claro que o facto de abordarem temas que se relacionam com História, História de Arte, sociedades como os Templários e a Maçonaria os tornaram ainda mais apelativos para mim. Portanto quando peguei neste Inferno a primeira vez esperava algo do género. Mais do mesmo...bom entretenimento.

Quando acabei Inferno a primeira vez percebi que Dan Brown tinha levado as coisas a outro nível. Já não é só entretenimento. A história está muito bem tecida e o ritmo está tão alucinante como ele já nos habituou mas Inferno tem qualquer coisa extra. É um livro que aborda questões muito importantes e actuais. Tem todas as reviravoltas que alguém que acompanha os trabalhos de Dan Brown (e eu já li quase todos os livros dele embora prefira os protagonizados por Robert Langdon) já se habituou mas que ainda assim conseguem surpreender um bocadinho. Passa-se em cenários maravilhosos... Florença, Veneza, Istambul. Mas tem algo mais...Dan Brown conseguiu enfiar questões éticas pertinentes num livro de entretenimento e conseguiu fazê-lo de maneira a que o leitor acabe o livro a pensar um pouco mais nas realidades da sociedade actual mas ainda sinta que acabou de ajudar a salvar o Mundo (ou de tentar, pelo menos).

Para mim Inferno foi o trabalho em que Dan Brown elevou a fasquia e é também o seu livro mais sério. Mais trabalhado, talvez. Fiquei muito curiosa para saber como vai ser o próximo porque depois de ele provar que é capaz de escrever uma coisa destas vou ficar muito desiludida se for outro Símbolo Perdido.

Por último, li várias reviews menos positivas e várias críticas ao filme que estreou nos cinemas este ano. Se foram dessas pessoas que viram o filme acharam uma treta porque havia coisas mal explicadas ou confusas (essas foram das críticas mais frequentes que li) um dia dêem uma hipótese ao livro. Vale mesmo a pena.

Já leram o livro? Viram o filme? Gostam de Dan Brown? Digam-me o que acham nos comentários :)

See you next time,

Mia

Princesa às compras: Especial Ebay cosméticos coreanos

Olá princesas,

Há uns tempos eu criei uma wishlist de produtos de beleza coreanos que eu queria comprar e, felizmente, consegui adquirir bastantes. Como eles chegaram entre o final de Outubro e Novembro decidi esperar até os ter todos comigo. Ainda não os experimentei todos, por isso, preparem-se para umas reviews num futuro próximo.

Sweet Cotton BB Cream e Pig Nose Clear
ambos da Holika Holika 
 Os primeiros que vos vou mostrar são o meu novo BB cream (que admito não larguei desde que chegou) e o Pig Nose Clear ambos da Holika Holika. O BB cream era algo que eu já desejava experimentar há imenso tempo e estou super contente com a minha escolha. Uma das coisas que mais adoro nele, além da embalagem linda é como ele tem um cheiro doce mas leve a... algodão doce.
O Pig Nose Clear é um daqueles que estou a guardar para testar quando comprar o meu telemóvel novo (se tudo correr bem será muito em breve) para poder fazer review com fotos decentes de todo o processo, visto que quando fiz a wishlist me apercebi que era um dos produtos que suscitava maior curiosidade.

Eevee Hand Cream Tonymoly
My Beauty Tool Ettie Head Band Etude House 
Também comprei esta fita para o cabelo com orelhas de gato, que é excelente para o manter afastado da cara durante os meus cuidados de pele (e, às vezes, enquanto aplico a maquilhagem). Adoro o material e acho-a super fofinha portanto fiquei muito satisfeita com a compra. Não consegui resistir ao creme de mãos da Eevee da Tonymoly e ainda bem que não o fiz. Adorooo o cheiro a pó talco (até a minha mãe ficou fã) e, apesar de não o usar muitas vezes, quando sinto necessidade ele cumpre lindamente a sua função. Agora que veio o frio a sério acho que lhe vou dar mais uso.


Changing U Magic Foot Peeling Shoes Tonymoly
e as amostras que vieram com as encomendas :)
Por último, trouxe esta máscara de peeling para os pés que também estou bastante curiosa para experimentar. Além deste produtos também comprei uma espuma de limpeza de Pokémon da Tonymoly que vou oferecer a uma das minhas melhores amigas no Natal (esqueci-me de a fotografar mas é a do Charmander, que é o Pokémon favorito dela).

Em geral, tive uma experiência bastante positiva com os vendedores do ebay que usei e com o serviço em geral. Foram ambos muito simpáticos e tal como eu já tinha ouvido referir dos vendedores coreanos enviam sempre algumas amostras. As encomendas também chegaram mais ou menos dentro do prazo previsto portanto não tenho razão de queixa em relação a isso. Já agora quero agradecer à querida Naipes que me aturou e respondeu às minhas dúvidas sobre os vendedores e me deu óptimas dicas durante todo este processo.

(Continuo com problemas no pc e tenho mesmo de o levar a arranjar portanto vou continuar meio desaparecida, mas não quis deixar-vos sem posts demasiado tempo. Espero que resolver isto em breve e voltar a postar como de costume).

See you next time,

Mia

TAG: Harry Potter

Olá princesas,
O meu computador está com alguns problemas e estou a usar o de casa da minha mãe para vos escrever este post. Infelizmente enquanto o meu computador pessoal não estiver arranjado vai ser-me mais difícil postar aqui com a regularidade do costume (mas vou tentar não deixar o blog muito parado). O post era para ter sido publicado no Halloween (ou seja, há séculos!!) visto que reler todos os livros de Harry Potter era o meu projecto literário para Outubro. No entanto, visto que este Novembro vai ser um mês particularmente fantástico para todos os fãs de J.K. Rowling acho que ele continua a fazer sentido.

Encontrei esta TAG no blog da Inês, o Bobby Pins e desde que a li que estava com vontade de a fazer para celebrar.




1. O melhor livro
Esta pergunta é sempre complicada. Eu fico sempre indecisa entre dois livros, o Cálice de Fogo e os Talismãs da Morte. Acho os Talismãs mais perfeitos enquanto livro mas nunca consegui ler o Cálice de Fogo sem um arrepiozinho de emoção.
2. Personagem preferido
A Hermione. Eu adoro o Harry, acho que é um protagonista extremamente realista, com tantas qualidades quanto defeitos mas sempre senti uma admiração profunda pela Hermione. Ela podia ser só uma miúda sabichona, agarrada aos livros e obcecada com as notas e os trabalhos de casa mas é tão mais do que isso, ela é corajosa, altruísta, preocupa-se com os outros. É a amiga que dá os melhores conselhos. É o patinho feio que virou cisne e não deixou que isso alterasse a sua personalidade. Para mim ela é um exemplo.
3.Cena preferida da Pedra Filosofal
Quando o Harry vê os pais no Espelho dos Invisíveis. Acho sempre essa cena profundamente comovente... Acho que é nesse momento que temos noção de que ele durante onze anos não tinha noção de qual era a aparência dos pais.
4.Local preferido
Hogwarts.... Obviously.
5.Se fosses um animagus, em que animal te transformarias?
Já fiz essa pergunta a mim mesma muitas vezes... Acho que escolheria um pardal. Um passarinho discreto, comum e a quem ninguém ia prestar muita atenção.
6. Cena preferida da Câmara dos Segredos
Talvez a cena em que o Harry vê a Ginny sozinha no meio da Câmara. Acho que a atmosfera sombria e o medo que ele sente de que o pior tenha mesmo acontecido estão muito bem retratados.
7. Melhor filme
Cálice de Fogo... foi o primeiro da saga que eu vi no cinema e também foi o primeiro filme que fui ver ao cinema sem familiares. Sempre achei que estava relativamente fiel ao livro e gostei imenso.
8. Cena preferida do Prisioneiro de Azkaban
É complicado... mas provavelmente quando a Hermione e o Harry estão na enfermaria e ela puxa o Vira-Tempo. Sempre gostei particularmente dessa apesar de haver cenas mais emocionantes no filme como o Patronus.
9.Qual foi o livro que mais te emocionou?
Os Talismãs da Morte... pela maneira como tudo encaixou, pelas personagens que perdemos. Por ser, apesar do Cursed Child, aquele que eu vou ver sempre como o encerrar de um ciclo. Por estar magistralmente bem escrito e se notar como a autora evoluiu ao longo dos sete livros. Porque tudo foi culminar ali.
10. Que final de personagem mudarias e como seria?
O do Dobby, por ter sido a morte que me custou mais. Eu sempre imaginei que ele continuaria a ser um elfo livre e provavelmente trabalhasse para o Ron e a Hermione no futuro. A Hermione nunca aceitaria um elfo a que não pudesse pagar e o Ron nos livros sempre gostou imenso dele.
11. Qual seria a tua posição no Quidditch?
Eu não tenho grandes razões para acreditar que daria uma boa jogadora de Quidditch... Provavelmente iria ficar nas bancadas a apoiar a equipa. No entanto, imaginando que jogava acho que seria keeper.
12.Qual é a personagem que sobreviveu que mais gostarias que tivesse morrido?
Se há algo raro num fandom é uma pergunta ter uma resposta unanimemente aceite mas acho que esta está bem perto de o conseguir. A Umbridge como é óbvio... Aquele mulher merecia uma morte lenta e dolorosa de preferência ás mãos de alguma espécie que ela desprezasse. Aceitam-se sugestões :)
13.Cena preferida do Cálice de Fogo?
Hum... isto é tão complicado. Muitas... Demasiadas. Mas provavelmente seria a primeira prova: Harry Potter vs Cauda de Chifre da Hungria. Uma cena que tem o Harry numa vassoura e um dragão tem todo o potencial para me conquistar imediatamente.
14.Que filme mais te emocionou?
Talismãs da Morte parte II embora a Parte I também me custe muito porque Dobby :'(
15.Qual é o livro que leste mais vezes?
Como eu sempre tive o ritual de antes de comprar/receber um livro novo reler todos os anteriores como uma espécie de preparação mental e emocional provavelmente deve ter sido A Pedra Filosofal.
16.Qual é a casa a que pertencerias?
I'm a Ravenclaw and a very proud one (sempre soube e o Pottermore confirmou).
17.Cena preferida da Ordem da Fénix?
A cena na Sala das Necessidades em que eles acabaram de aprender o Patronus e eles estão a flutuar por ali. Essa cena é simplesmente mágica.
18.Qual é o teu professor favorito?
Remus Lupin. Adoraria ter aulas com ele, porque sabe imenso, explica muito bem e é o género de professor que consegue fazer os alunos mais inseguros sentirem-se à vontade o suficiente para intervir nas aulas.
19. Qual é o destino que darias a Draco Malfoy?
Eu concordo com o destino que ele teve... especialmente depois de ler Cursed Child portanto não mudava nada.
20. Qual o personagem que poderia não existir e não faria falta nenhuma?
Hum... A Lavender Brown. Ela é basicamente irrelevante e poupava-me a todas aquelas cenas do namoro dela e do Ron. Ela era mesmo chatinha.
21. Personagem que só aparece no livro mas gostarias de ter visto nos filmes?
Gostava de ter visto mais o Dobby, que aparece em quase todos os livros desde que apareceu na história (acho que a única excepção é o Prisioneiro de Azkaban). Mas preferia que a Ginny dos filmes fosse um pouco mais badass e mostrasse mais a essência da personagem. Acho que ela é muito toned down comparada com os livros.
22. Qual é a personagem que é, nos filmes, exactamente como imaginaste?
Há várias... Uma das mais marcantes para mim é o Snape. Desde que li Harry Potter pela primeira vez que o imaginei exactamente assim. Acho que o Alan Rickman personificou lindamente o professor de Hogwarts que nós mais adorámos detestar durante tanto tempo.
23. Cena preferida do Príncipe Misterioso?
Todas as cenas em que o Harry entra no pensatório com o Dumbledore para descobrir mais sobre o passado de Voldemort.
24. Disciplina preferida de Hogwarts
Eu acho que teria gostado de História da Magia (se não fosse dada pelo professor Binns) mas teria adorado mesmo era ter aulas de Encantamentos com o Flitwick. Nos livros parecem sempre ser as aulas mais divertidas.
25. Se pudesses ter um dos Talismãs da Morte, qual escolherias?
O Manto da Invisibilidade. Para mim é o melhor e o mais útil dos Talismãs.
26. Qual seria o teu Patronus?
Na verdade não sei porque nunca testei no Pottermore... Um dia tenho de fazer isso. Provavelmente seria um gato ou um pássaro acho eu.
27. Cena preferida de Talismãs da Morte parte I
A morte do Dobby, é a minha cena preferida pela capacidade que tem de me fazer chorar de cada vez que a vejo. É uma cena mesmo triste mas profunda.
28. Qual a lembrança que usarias para invocar o teu Patronus?
Isso é segredo :p
29. Se só pudesses escolher um feitiço para usares sempre que quisesses, qual seria? 
Accio. Eu passo a vida à procura das chaves de casa, do telemóvel e de outras pequenas coisas com este feitiço isso deixava de ser um problema. Na verdade acho que é um dos encantamentos mais úteis que existe.
30. Cena preferida de Talismãs da Morte parte II
O beijo da Hermione ao Ron. É extremamente inapropriado pela altura em que é mas o que o causa é tão engraçado.
31. Se tomasses uma Poção Polissuco, qual o personagem em que gostavas de te transformar?
Visto que só adquirimos a aparência da pessoa eu gostava de experimentar ser a Fleur por uma hora.
32. Se o Harry não estivesse no Torneio dos Três Feiticeiros, por qual dos participantes torcias? Fleur, Cedric ou Krum?
Fleur.



Espero que tenham gostado da Tag. Não vou marcar ninguém mas quem quiser fazer sinta-se à vontade. Se correr tudo bem terei o meu computador de volta em breve e poderei retomar o ritmo de posts habitual. Já agora há por aí muitos fãs a contar os dias para Fantastic Beast and Where to Find Them? Já está quase :)

See you next time,

Mia